Capa

FPV

Copa São Paulo 2011: Sollys/ Osasco fica com o título

Sollys/Osasco é campeão
(Fábio Rubinato)

Jaqueline comandou o time de Osasco
(Fábio Rubinato)

Sollys/Osasco e Vôlei Futuro
(Mauricio Schincariol)

Sollys/Osasco e Vôlei Futuro
(Mauricio Schincariol)

Na final, em São Bernardo do Campo, venceu o Vôlei Futuro

14.08.2011  |  423 visualizações
São Bernardo do Campo (SP), 14/08/11 - O título da Copa São Paulo 2011 ficou com o Sollys/Osasco. A equipe venceu o Vôlei Futuro, de Araçatuba, neste domingo, por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/20 e 25/23, em 83 minutos, no Ginásio Poliesportivo de São Bernardo do Campo. Foi o tetracampeonato do time no torneio, que serve de preparação para o Paulista da Divisão Especial. Destaque para a atuação das três juvenis de Osasco, Samara, Bia e Larissa, que não se intimidaram e foram importante para a equipe na conquista de mais um importante título. As duas equipes agora vão se preparar para a estreia no Paulista, marcada para esta semana.

Duas das principais forças do vôlei paulista, Sollys/Osasco e Vôlei Futuro decidiram a edição 2011 da Copa São Paulo em grande estilo. Mesmo sem as jogadoras que servem à seleção brasileira, as duas equipes fizeram um jogo bem disputado, dando uma boa prévia do que deve acontecer no Paulista. Em quadra destaques do esporte como Jaqueline e Camilla Braitt, pelo Sollys, e Walewska, Ana Tieme e Carol Gattaz, pelo Vôlei Futuro.

No primeiro set, o jogo começou igual, com os dois times se estudando. O Vôlei Futuro levou vantagem nos dois tempos técnicos, mas não conseguiu impedir a virada do time de Osasco, que venceu por 25 a 21. Destaque para o bom bloqueio no Sollys/Osasco.

Na segunda série isso se repetiu. Depois do equilíbrio no início, o Sollys impôs seu jogo a partir do segundo tempo técnico. Com bons saques, bem nos bloqueios e contando com os erros de passe do time de Araçatuba, a equipe comandada por Luizomar de Moura foi abrindo vantagem até fechar em 25 a 20.

O terceiro set começou com o Vôlei Futuro tentando se recuperar. O time do técnico Jorge Edson foi quase perfeito e conseguiu abrir uma vantagem de 8 a 4. Mas a reação não durou muito, já que o Sollys encostou e as duas equipes passaram a disputar ponto por ponto, no melhor momento da final. Com nova vitória, desta vez por 25 a 23, garantiu o título do Sollys/Osasco, o segundo da temporada, já que ganhou o Sul-Americano de Clubes na semana.

Para o técnico do Solllys, o destaque vai para o projeto da equipe. "Temos de destacar o projeto, já que não temos as principais jogadoras e as juvenis mostraram estar em condições de defender o clube. Ainda ressalto o apoio das mais velhas, que sabem da importância de assumir a responsbilidade a ajudar as jovens", destacou. "E nada melhor do que mostrar isso com o título", encerrou.

A experiente Waleska, que volta a atuar no Brasil depois de sete anos, ressaltou o importância do torneio para ganhar ritmo. "Fiquei muito tempo fora e cada jogo consigo ganhar mais ritmo e entrosamento com minhas companheiras do Vôlei Futuro. Queríamos o título, mas foi um bom começo de temporada", explicou.

Equipes

Sollys/Osasco: Larissa, Samara, Karine, Jaqueline, Bia, Juliana e a líbero Camilla Braitt. Entrou: Heloiza - Técnico: Luizomar de Moura

Vôlei Futuro: Waleska, Ju, Joycinha, Carol Gattaz, Ana Tieme, Clarisse e a líbero Verê. Entraram: Ana Cristina, Vivi e Andressa - Técnico Jorge Edson


Mais informações no site www.fpv.com.br
Informações sobre a FPV através do twitter, @ImprensaFPV

Consultoria de Comunicação da FPV:
MBraga Comunicação - Marcelo Eduardo Braga - Mtb 18324
Fones: (11) 3053-9564/8266-6986 - E-mail: imprensa@fpv.com.br

Leia também...

Entre em contato