Capa

Destaques da 93ª Corrida de São Silvestre apostam no "dia perfeito"

93ª Corrida Internacional de São SIlvestre - Franck e Giovani
(Djalma Vassão/Gazeta Press)

93ª Corrida Internacional de São SIlvestre - Biwott, Paul, Dibaba e Ymer
(Djalma Vassão/Gazeta Press)

93ª Corrida Internacional de São SIlvestre - brasileiros e estrangeiros
(Djalma Vassão/Gazeta Press)

Favoritos chegaram confiantes para a prova no domingo. Haverá triagem para acesso à largada e chegada.

29.12.2017  |  2.532 visualizações

São Paulo (SP), 29/12/17 – A 93ª Corrida Internacional de São Silvestre, a principal prova de rua da América Latina, reunirá, no domingo, vários destaques do país e do exterior em busca do topo do pódio. Algumas das atrações confirmadas para este ano já estão em São Paulo e contaram nesta sexta, na Coletiva de Imprensa,  sobre suas expectativas para domingo. De uma maneira geral, todos disseram estar bem, mas que o importante é que domingo seja uma dia perfeito e que tudo se encaixe para um bom desempenho. A largada no domingo, a partir das 8h20, será na Avenida Paulista, altura da rua Frei Caneca, e a chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, no número 900.

Os brasileiros Franck Caldeira, campeão da São Silvestre em 2006, e Giovani dos Santos, quarto no ano passado, os quenianos Paul Lonyangata, campeão da Maratona de Paris, Stanley Biwott, campeão da Maratona de Nova York e da São Silvestre em 2015, e Leah Jerotich, vencedora da Maratona de São Paulo deste ano, e as etíopes Ymer Wude, bicampeã da São Silvestre, e Birhane Dibaba, campeã da Maratona de Tóquio 2015, falaram com a imprensa e mostraram muita confiança. 

O mineiro Giovani dos Santos, quarto no passado, disse que vem com uma preparação muito forte. "Preparei-me bem e chego na melhor condicão de todos os anos. Sabemos que os africanos tem um grupo forte, mas a SS é uma caixinha de surpresa. Quem está na prova está na briga e pode conseguir vencer. Vamos tentar até o final. Com relação à preparação, fiz um trabalho bom na altitude, voltei e venci a Pampulha. Espero fazer uma boa prova, pois nunca estive tão bem preparado", encerrou.

Campeão em 2006, Franck Caldeira, também mineiro, está de volta à prova e bastante motivado. “Mais uma São Sivestre. Estou muito feliz, Depois de dois ciclos olímpicos, ficando atrelado à maratona, senti que era o momento de retornar. Espero fazer um bom prova e conseguir colocar tudo em prática. Se for um dia perfeito, tenho certeza que isso acontecerá”, afirmou o competidor.

Paul Lonyangata não teve modéstia ao afirmar que veio para vencer  prova. “Eu vim para vencer. Sei que é uma boa prova, que tem boas pessoas, e adoro estar aqui. Estou num momento bastante positivo e espero poder mostrar isso vencendo no domingo”, declarou.

Stanley Biwott também não escondeu a confiança. “Espero uma boa corrida para fechar o ano. Espero ter um bom dia e ganhar. Conheço a prova e sei que tenho grandes adversários, mas sempre penso em fazer o melhor e vencer. Vamos ver o que acontece no domingo”, explicou o vencedor da prova em 2015.

A bicampeã da provam(14/15), a etíope Ymer Wude, sua compatriota Birhane Dibaba, e a queniana Leah Jerotich, pouco falaram, mas também confirmaram estar preparadas para o domingo.

Acessos

A 93ª Corrida de São Silvestre terá um esquema especial de acesso à largada e chegada, visando assegurar mais facilidade aos atletas oficialmente inscritos, e informar ao público que pretende acompanhar a principal corrida de rua da América Latina.  No período das 5h às 10h serão permitidos apenas atletas com número de peito, com os seguintes acessos pela Alameda Santos e Rua São Carlos do Pinhal: Elite, Rua Frei Caneca, Setores Azul e Amarelo, Alameda Ministro Rocha Azevedo, Setor Vermelho, Rua Peixoto Gomide e Rua Plínio Figueiredo, Setor Cinza, Alameda Casa Branca.

A dispersão será a partir da Rua Joaquim Eugênio de Lima até a Alameda Itapeva.  Todas as áreas serão restritas a corredores oficialmente inscritos e usuários locais. Não será permitida a presença de acompanhantes ou carrinhos e outros itens que não fazem parte do evento.

O Comitê Organizador  pede gentilmente que atletas sem inscrição não compareçam, pois não há como dimensionar os serviços e o consumo excessivo pode gerar a falta de serviços e hidratação para os inscritos. E destaca que essas dinâmicas estão sendo implantadas para melhor atender aos atletas inscritos oficialmente.

A infraestrutura do evento é dimensionada para o número oficial de inscritos, cerca de 30 mil, não contemplando serviços a atletas sem inscrição ("pipocas"). Serão sete postos de água, um a mais que no ano passado, com volume para atender somente aos inscritos. Como consta em regulamento, não haverá serviços extras e hidratação excedente para atletas sem inscrição.

A 93ª Corrida Internacional de São Silvestre é uma realização da Fundação Cásper Líbero, com promoção da Gazeta Esportiva, e transmissão da TV Gazeta e TV Globo. O patrocínio é do Bradesco e Motorola, com apoio do Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura de São Paulo. A supervisão é da IAAF, CBAt e FPA.

Mais informações no site www.saosilvestre.com.br 

 

Contatos de Imprensa:

 

MBraga Comunicação - Marcelo Eduardo Braga - Mtb 18324

Fones: (11) 98266-6086(T) - Nextel: (11)  947821214 - ID 35*25*86378

E-mail:  mbragacom@mbragacom.com.br  

 

Ricardo Nóbrega

Assessoria de Imprensa

rtnobrega@fcl.com.br 

(+5511) 3170-5514

www.tvgazeta.com.br 

 

 

 

 

Leia também...

Entre em contato