Capa

GT Sprint Race: em fim de semana complicado, Marcelo Henriques destaca os aprendizados em Interlagos

Piloto teve dificuldades desde os treinos e acabou a Corrida 2 em 15º

28.06.2021  |  217 visualizações

São Paulo (SP) – A experiência e profissionalismo são fundamentais quando nos deparamos com momentos complicados. E saber como reverter isso da melhor maneira possível é fundamental para que possamos aprender cada vez mais. E é dessa forma que o piloto Marcelo Henriques (Mais1 Café, D4U Law Group, Action 360) avalia sua participação na terceira etapa da GT Sprint Race Brasil, realizada no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos (SP). Depois de treinos e classificatório positivos, na corrida ele acabou enfrentando uma série de problemas, terminando na 15ª colocação da Corrida 2 de domingo, após um problema no câmbio na última volta que o impediu de terminar a corrida quando vinha na 6ª posição.

“Foi um fim de semana de bastante aprendizado e desafiador desde os treinos livres. Sabíamos que não teríamos um carro para atacar, mas para nossa surpresa conseguimos um quinto lugar no grid. Já na corrida, mesmo ganhando algumas posições, foi uma verdadeira batalha já que o carro estava muito escorregadio. Tentamos de tudo para criar um ritmo e temos a certeza que fizemos o máximo possível diante das condições. Agora é aprender com tudo o que aconteceu e seguir em frente, pensando no próximo passo”, declarou.

Marcelo também lamentou o incidente com Thiago Camilo. “Fiquei bastante chateado comigo mesmo com o toque no Thiago. Calculei errado, porque vi que ele mergulhou e na hora de dar o ‘x’ acabei provocando o toque e, com isso, limitando a prova dele”, reconheceu o piloto mineiro, campeão das categoria PROAM em 2020.

Sem tempo para se deixar abalar com tudo o que aconteceu no fim de semana, Marcelo Henriques agora se prepara para a próxima etapa da GT Sprint Race Brasil, marcada para o dia 18 de julho, em Cascavel (PR). Na classificação geral, após a etapa de São Paulo, Marcelo Henriques e seu companheiro Alex Seid do GtSR#1 ocupam a quinta colocação, totalizando 52 pontos. A liderança é da dupla Júlio Campos/Léo Torres, com 79, seguido por Gerson Campos, 63, e Weldes Campos, 58.

 

Classificação do campeonato

 

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 79 pontos

2) #82 Gerson Campos, 63

3) #11 Weldes Campos, 58

4) #9 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavleski, 57

5) #1 Alex Seid/Marcelo Henriques, 52

6) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 52

7) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 45

8) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 26

 

Calendário da GTSR em 2021

 

Etapa 1 – 02 de Maio – Velocitta - Mogi Guaçu/SP (#GrandOpening)

Etapa 2 – 23 de Maio – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 3 – 27 de Junho – Interlagos/SP (#SuperPole)

Etapa 4 – 18 de Julho – Cascavel/PR (#TripleX)

Etapa 5 – 15 de Agosto – Tarumã/RS (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 05 de Setembro – Curitiba/PR (#InverseRace)

Etapa 7 – 03 de Outubro – Juiz de Fora/MG (#SpecialEdition)

Etapa 8 – 31 de Outubro – Palmeira/PR (#AirportTrack)

Etapa 9 – 05 de Dezembro – Curitiba/PR (#MatchPoint)

 

Acompanhe novidades pelo facebook do piloto https://www.facebook.com/marcelohenriquespiloto   e Instagram/mar_henriques.

 

Consultoria de Comunicação de Marcelo Henriques:

MBraga Comunicação – Marcelo Eduardo Braga – Mtb 18324

Fone: (11) 98266-6086 – E-mail: mbragacom@mbragacom.com.br

Leia também...
19.07.2021

Piloto foi terceiro na Corrida 2, na tarde deste domingo, e ainda melhorou sua classificação na categoria PRO

15.07.2021

No final de semana a categoria desembarca em Cascavel (PR)

24.06.2021

Evento será no Autódromo Jose Carlos Pace, em Interlagos (SP), nos dias 26 e 27

02.05.2021

Ele terminou em terceiro lugar na Corrida 1 em sua estreia na categoria Pro da competição. Disputa aconteceu no Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu